Vistoria veicular: Tudo o que você precisa saber

22/03/2019 Dicas

As novas regras do Detran para os procedimentos de licenciamento anual sem vistoria veicular já estão valendo.

Os serviços de licenciamento, fiscalização e emissão do Certificado de Registro e Licenciamento de Veículo (CRLV) exigem o pagamento de R$ 202,55.

No entanto, ao efetivar o serviço, os proprietários de veículos responsabilizam-se por mantê-los em perfeitas condições de conservação e aptos a trafegar.

Para verificar se essas normas estão sendo cumpridas, foi estabelecido que serão realizadas blitzes para a fiscalização de trânsito para verificação das condições de segurança da frota.

 

Com tantas mudanças no processo de vistoria veicular, reunimos e respondemos algumas perguntas frequentes feitas pelos condutores sobre esse processo.

Com isso, temos certeza que você terá tranquilidade para manter o seu carro em perfeitas condições legais. Sendo assim, evitando preocupações e imprevistos com a lei.

 

COMO É O NOVO PROCEDIMENTO DE VISTORIA VEICULAR?

O usuário deve imprimir o boleto da Guia de Recolhimento de Taxa (GRT) no site do banco Bradesco para efetuar o licenciamento do veículo.

No valor de R$ 202,55, é possível pagá-la em qualquer unidade da rede bancária ou credenciada. Esta guia é responsável por cobrir os custos da emissão anual do CRLV e do licenciamento anual, com a fiscalização incluída.

Com a GRT paga, você deve agendar o licenciamento anual no site do Detran ou pelos telefones 3460-4040, 3460-4041, 0800-020-4040 e 0800-020-4041.

Detalhe importante: para fazer o licenciamento também deve ser feito o pagamento do seguro DPVAT no site da Seguradora Líder.

 

ONDE POSSO RECOLHER MEUS DOCUMENTOS?

Até 2018 apenas 51 postos de vistoria faziam o serviço. Contudo, as mudanças nos procedimentos aumentaram o número de postos para 170 unidades de atendimento aptas a entregar os seus documentos.

Essa ampliação acontece por não ser mais necessário espaço físico para a realização da vistoria.

 

MEU CARRO TEM GNV. COMO DEVO PROCEDER?

No seu caso, o veículo deve estar com a vistoria do gás realizada pelo Inmetro dentro da validade.

Então, basta pagar a GRT e agendar o licenciamento anual normalmente, da maneira como já indicamos.

Detalhe importante: é obrigatório apresentar o Certificado de Segurança Veicular (CSV) emitido pelo Inmetro para pegar o documento de licenciamento anual.

 

EXISTE UM DOCUMENTO QUE COMPROVE A AUTO VISTORIA VEICULAR?

Sim. Esta declaração deve ser feita pelo site do Detran, permitindo o prosseguimento do processo de agendamento.

Caso você opte por fazer essa parte do processo pelos canais de teleatendimento, o operador responsável pelo seu atendimento o conduzirá por esta etapa.

 

COMO FUNCIONAM AS BLITZES DE FISCALIZAÇÃO?

Agentes do Detran ou fiscalizadores designados pelo órgão verificam as condições do veículo. Entretanto, há um protocolo definido pela própria entidade para a realização.

 

POSSO SER PUNIDO POR MENTIR SOBRE AS CONDIÇÕES DO CARRO?

Sim. Nas blitzes de fiscalização, os carros inadequados para circulação ficarão retidos, dando chance ao proprietário para sanar o problema.

Caso a demanda não seja corrigida, o veículo será multado e até mesmo recolhido. Todavia, esta multa depende das irregularidades flagradas na fiscalização. Portanto, fique atento às etapas citadas.

 

Suas dúvidas foram respondidas ou algo ainda ficou no ar?

Fale conosco e saiba como podemos ajudá-lo no novo processo de vistoria veicular e licenciamento. Mas, tenha em mente que agora depende ainda mais do condutor.

A RioParts é sua parceira nesse processo!